Como entender e interpretar histogramas – Parte I

Posted by: marcio.eugenio  |  Category: aprendendo 

Como diz o dito popular há males que vem para o bem, depois que confirmei o meu problema com cores (daltonismo) procuro alternativas para contorna-lo

A primeira atitude foi ir ao oftalmologista, depoois de alguns exames ele me receitou uma lente que ameniza a distorção causada por esse mal. Já mandei fazer, mas ela chegará em quinze dias. Como não sei se a lente resolverá o problema 100% comecei a estudar formas para melhorar a qualidade das minhas fotos, já que não posso confiar totalmente no que vejo.

Como entender e interpretar histogramas – Parte I Uma das soluções que achei é através dos histogramas que tentam representar a imagem em um “gráfico”. Toda imagem digital é formada por pixels. Para as imagens geradas em 8 bits (24 bit) RGB cada pixel da foto pode ser classificado dentro de um range que vai de 0 (100% preto) até 255 (100% branco) e o cinza médio está no valor 127 desse range. Como todo o gráfico, ele é formado por dois eixos o X que representa o range de tons (esquerda 0 e direita 255, como na imagem) e o Y é a quantidade de pixels em cada um das cores do range tonal.

Todas as cores e seus tons em RGB são formados pela combinação de vermelho, verde e azul. A cor de cada pixel em uma imagem em RGB é formada por um valor tonal (0-255) assignado para cada canal de cor vermelho (Red), verde (Green) e azul (Blue) para cada pixel. Ou seja, cada pixel tem um valor tonal para cada canal ( R, G e B). Por exemplo, para termos amarelo puro ele seria representado por R255+G255+B0, branco R255+G255+B255, preto R0+G0+B0… Cada cor tem a sua combinação especifica como pode ser visto na roda de cores.

Como entender e interpretar histogramas – Parte I

O histograma de cada imagem conta uma historia diferente. Isso quer dizer que, infelizmente, não existe um padrão onde possamos encaixar todas as imagens. O que deve ser definido antes mesmo de tirar a foto é para que ela vai servir e/ou o que o fotografo quer representar. Isso é muito importante para se fazer a correta interpretação do histograma, pois certos histogramas terão uma concentração maior de pixels em um determinado lado da imagem sem que isso signifique que ela estejam expostas de forma incorreta. Como podem ver nas imagens abaixo. Uma imagem ‘high key’ (muitas áreas claras) sempre terá mais pixels do meio para a direita do gráfico, assim como uma imagem ‘low key’ (muitas áreas escuras) terá um gráfico com maior concentração de pixels do meio para a esquerda e caso o histograma da imagem seja alterado visando deixar a imagem com um histograma mais concentrado no centro deixará ela com uma exposição inadequada.

Como entender e interpretar histogramas – Parte I

Como entender e interpretar histogramas – Parte I

Como entender e interpretar histogramas – Parte I

Como entender e interpretar histogramas – Parte I

A maioria das câmeras digitais trabalham melhor com imagens ‘low key’, pois elas previnem que qualquer região da imagem tenha brilho suficiente para se tornar branco puro

, independente de quão escuro o resto da imagem possa resultar. Cenas com ‘high key’, por outro lado, normalmente resultam em imagens significativamente sub-expostas. Mas é mais fácil lidar com regiões sub-expostas do que com as super-expostas (apesar disso comprometer a qualidade da foto devido ao aumento do ruído). Caso isso ocorra os detalhes não podem ser recuperados nas regiões super expostas a ponto de ser branco puro. Isso é o que normalmente chamado de imagen ‘estourada’ ou ‘cortada’.

Entender os histogramas ajudará o fotografo a tomar decisões mais acertadas para os ajustes nas suas imagens digitais. A habilidade de interpretar histogramas e a chave para conseguir uma correta exposição das suas imagens, principalmente no momento em que a foto é clicada.

Na maioria das câmeras digitais é possível ver na hora o histograma de cada imagem. Isso é muito útil, pois o LCD das câmeras é muito pequeno e dependendo do ângulo que se olha a imagem existe muitas alterações de cores.

Fontes e imagens:

[BL] maquina digital, camera, histograma, rgb [/BL]
Como entender e interpretar histogramas – Parte I
Tela Display Touch Screen Galaxy G S3 I9300 Siii Azul/branco
Mais info»
R$ 359.99
até 12x de R$ 34.8
Como entender e interpretar histogramas – Parte I
Apple Iphone 5s Original 16gb Desbloqueado | Pronta Entrega
Mais info»
R$ 2199.9
até 12x de R$ 212.64
Como entender e interpretar histogramas – Parte I
Celular Mini Tablet A2000 Hiphone Android 2.3.6 Gps Tv Wifi
Mais info»
R$ 349.87
até 12x de R$ 33.82
Como entender e interpretar histogramas – Parte I
Samsung Galaxy S4 Original Pronta Entrega Frete Gratis
Mais info»
R$ 1750
até 12x de R$ 169.15
Como entender e interpretar histogramas – Parte I
Apple Iphone 5s Original 16gb Desbloqueado - Pronta Entrega
Mais info»
R$ 2299
até 12x de R$ 222.22
Como entender e interpretar histogramas – Parte I
Tela Touch Display Lcd Iphone 5 New Iphone Original Envio Já
Mais info»
R$ 239.9
até 12x de R$ 23.19
Powered by MLV Contextual  

6 Responses to “Como entender e interpretar histogramas – Parte I”

  1. CARLOS Says:

    Tah ai num sei oq de histograma viu amorê???

  2. marcio.eugenio Says:

    Tu leu o post? :)

  3. daniela Says:

    Olá… muito legal o post ! Obrigada pela excelente explicação.

    obrigada
    G

  4. Tina Says:

    Obrigada! Vc n tem noção do tamanho da ajuda q vc me proporcionou!

  5. Vinicius Says:

    Excelente ‘tutorial’, esta de parabens!!

  6. Histograma « Criação Visual e Comunicação Says:

    [...] Fotografar Vender Viajar – Como entender e interpretar histogramas – Parte I [...]

Leave a Reply